segunda-feira, 29 de maio de 2017

Amor

Olha amor o tempo passa. Passa por mim e por ti, só temos que ter cuidado para que passe de maneira eficiente por nós. Às vezes ainda te vejo, já não és igual, eu também já não sou igual. Às vezes ainda te procuro, pelo antes, o que sinto falta.

Olha amor tudo acaba, hoje  amanhã ou daqui a muitos anos depende de nós. Não tenho saudades de ti, tenho saudades de coisas tuas, viste-as?

Olha amor continuo a ver-te quando dormes, nesses momentos és sempre quem sempre foste, não mudas, estás tu. Tu já não me olhas no sono, não me velas, não me acompanhas, antes até carícias tinha a dormir...

Olha amor ainda aqui estou, a empurrar-me para a frente mesmo quando sinto a vontade vacilar. Um dia ficarei para trás e mudarei de direção. Não fiques no meu caminho, não quando foste tu que me afastas-te do centro do teu.

Olha amor tudo acaba, até o que não começou.



Nenhum comentário: